Área do cliente

Notícias

Café CINtegra apresenta cenário positivo para a indústria alagoana em 2018

Quinta-feira, 15 de março de 2018

Empresários lotaram o auditório

Durante o Café CINtegra, promovido na manhã desta quinta-feira, 15, pela Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN/AL), empresários alagoanos conheceram as ações que serão desenvolvidas visando à inserção de empresas locais no mercado externo.

Primeiro, o café da manhã, com um cardápio regional. Depois, a apresentação ficou a cargo da gerente do CIN/AL, Dielze Mello. Ela ressaltou o foco na busca pela internacionalização das empresas e garantiu que essa, ainda, é uma das primeiras ações promovidas pela entidade da indústria.

O 1º secretário da Fiea, Alberto Cabús, resumiu o evento: “É um movimento global que acontece nesta sala. Precisamos nos juntar e cooperativar para melhorar nossa exportação. Essa é a era do compartilhamento”.

Os empresários também conheceram o projeto Gestão da Inovação, iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que tem como parceiros a Fiea e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A coordenadora do Núcleo de Inovação e Pesquisa do Instituto Euvaldo Lodi, Eliana Sá, explicou a importância dos empresários inovarem.

“Ou a gente inova ou perde para o concorrente, que está ao lado”, disse. No projeto, que teve 20 empresas participando no ano passado e quer mais 20 para este ano, os interessados custeiam apenas R$ 2.000,00 da consultoria, que se divide em 128 horas e 30 minutos em 10 meses.

Por último, a palestra “Perspectivas e oportunidades de Crescimento da Indústria Alagoana em 2018”, que ficou por conta do doutor em Política Econômica e professor titular da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Reynaldo Rubem Ferreira Júnior. Ele exemplificou todo o momento histórico do Brasil, mas trouxe o cenário do que está por vir.

“Nós não podemos tentar entender o que vai acontecer daqui a muitos anos, porque muitos fatores influenciam isso. Mas, para 2018, nós sabemos que é possível e que devemos ter uma visão positiva para a indústria alagoana”, concluiu. 

O Café CINtegra tem como parceiros o Peiex, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Apex-Brasil, o Ministério das Relações Exteriores e o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur/AL).

Compartilhe: