Área do cliente

Notícias

Empresários debatem reforma tributária durante evento na Casa da Indústria

Sexta-feira, 05 de julho de 2019

Antes da palestra, empresários tiveram reunião com o presidente da Federação das Indústrias, José Carlos Lyra de Andrade

Com o tema “Reforma Tributária: Como resolver as distorções do Sistema Tributário brasileiro?”, presidentes de sindicatos patronais alagoanos participaram, nessa quinta-feira, 4, do 5º Diálogo da Rede Sindical da Indústria. As palestras on-line, seguidas de debate, foram promovidas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com as federações estaduais.

O evento que ocorreu em Brasília, foi transmitido via streaming para o auditório do 4º andar da Casa da Indústria. “O objetivo desta iniciativa é promover o alinhamento e o debate entre empresários, sindicatos e entidades representativas do setor produtivo sobre os itens da reforma considerados relevantes para a Indústria”, explica o empresário Francisco Acioli, gerente da Unidade Sindical da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea).

Com cerca de 600 participantes de todo o país, o evento contou com exposição feita pelo economista e diretor do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF), Bernard Appy, considerado o “pai” do projeto de Reforma Tributária que tramita no Congresso Nacional.

Em seguida, o gerente de Políticas Fiscal e Tributária da CNI, Mário Sérgio Carraro Telles, abordou o tema “Distorções do Sistema Tributário Brasileiro e seu impacto sobre a Indústria”. O debate contou com participação do diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Eduardo Abijaodi, e mediação da gerente-executiva de Desenvolvimento Associativo da entidade, Camilla Cavalcanti.

Além dos presidentes dos sindicatos, em Maceió, o debate foi acompanhado pelo presidente da Fiea, José Carlos Lyra de Andrade, pelo vice, empresário José da Silva Nogueira Filho, pelo superintendente executivo do Sesi/Senai, Carlos Alberto Paes, pelo superintendente do IEL/AL, Hélvio Vilas Boas e pelo assessor executivo Sesi/Senai, Oscar Simons.

Rede Sindical – A Rede Sindical da Indústria foi criada em 2015 para intensificar o alinhamento, a mobilização em temas de interesse comum e a troca de informações entre as entidades que compõem o Sistema de Representação da Indústria - sindicatos, federações e CNI.

Moderada pela Confederação Nacional da Indústria, a Rede conta atualmente com a participação ativa de 26 federações e de 692 líderes e executivos sindicais de 15 setores industriais.

Compartilhe: